terça-feira, 22 de setembro de 2015

Top 10 das raças de cães mais pequenos e fofos.



Se anda à procura de um cão para ter no seu apartamento, provavelmente o melhor será optar por raças de cães pequenos. Devido ao seu tamanho, sentem-se mais confortáveis visto que precisam de menos espaço para se exercitarem. Podem ser óptimos companheiros apesar de serem mais barulhentos.

Independentemente do tamanho do cão que escolher, não se esqueça que tem de ir à rua diariamente, tem de levar vacinas, um microchip e viverá muitos anos, o que significa que terá de o levar consigo nas férias ou arranjar quem tome conta dele e que vai sempre gastar dinheiro em comida e veterinário.


Confira as 10 raças indicadas para se ter em apartamento:

10º Micro Yorkshire Terrier

O Yorkshire Terrier também conhecido como Yorkie é um cão de pequeno porte (em média 23 centímetros), vigoroso, com uma pelagem longa, sedosa e abundante que teve sua origem na Grã-Bretanha. Os filhotes nascem pretos com pontos marrons, e geralmente alteram a cor da pelagem com cerca de um ano. O Yorkshire é uma das raças mais populares e amadas que existem no mundo.
É uma escolha perfeita para quem mora em apartamentos e quer ter só um cão. Os Yorkies são confiáveis, carinhosos e um excelente cão de guarda. Alcançam o peso máximo de 3.18 kg e uma altura média que varia entre 23 e 24 cm. Embora seja possível encontrar cães mais pequenos.


9º Toy Poodle 

O Poodle Toy é a menor das quatro variedades de Poodle que existem (gigante, médio, anão e toy). Considerado parte da raça canina que figura entre as mais inteligentes de todo o mundo, o Poodle Toy (junto com as versões de Poodle gigante, médio e anão) é o segundo cachorro mais esperto entre todas as raças de que se tem conhecimento, sendo o cão de pequeno porte mais inteligente de todos, contando com uma capacidade de compreensão e aprendizagem muito acima da média.
Embora seja classificado, na maioria das vezes, junto aos seus companheiros de raça, este animado cachorrinho conta com algumas diferenças em relação às demais versões de Poodle, é mais animado e brincalhão que os outros e menos ciumento e protetor, também.
O cachorro é oficialmente encontrado em tamanhos toy, miniatura, e padrão, e possui muitas cores de pelagem diferentes.
O Poodle Toy foi originalmente criado como um cão de água, e atualmente é raça muito obediente que é hábil em muitos desportos de cachorro, como tracking e pastoreio. Sua altura é de 22 cm até 25 cm.

8º Shih Tzu

O nome “Shih Tzu” significa “cão leão” e é uma das raças mais apreciadas na China por causa da sua associação com o budismo. Embora o Shih Tzu seja mais comumente associado à China, ele foi provavelmente originado no Tibet no século 17, quando era tido como um “cão sagrado”. 
O Shih Tzu é um cão pequeno que pode ter praticamente qualquer cor. Os mais desejáveis são os que tem a testa e a ponta da cauda brancas. Seu pelo é longo no topo e denso na parte de baixo. A cabeça e cauda são empinadas, o que dá um ar de confiança à raça. O corpo é compacto e levemente comprido. Tem uma boa estrutura corporal por baixo dos pelos sedosos. Os Shi Tzus têm os olhos grandes, arredondados e com a expressão de confiança e amizade. As orelhas são cobertas por um cabelo liso que se estende até suas pernas dianteiras.  
O Shih Tzu é o cão ideal para a cidade e para o campo. Na cidade, estes cães habituam- se facilmente ao barulho e estilo de vida em apartamento, embora gostem de correr pelos campos, com alguns cuidados devido ao seu tamanho. Podem atingir uma altura máxima de 28 cm e pesar entre 4 e 7 kg.

7. Pug

Com um físico descrito pelos experts como “decididamente quadrado”, o Pug é um cão de companhia que, há séculos, encanta os seus donos, como Maria Antonieta, rainha da França, Napoleão Bonaparte e a Rainha Victoria, da Inglaterra. A razão dessa preferência é clara, o Pug é dócil, amistoso e sociável, além de ter uma enorme capacidade de se adaptar a ambientes e pessoas diferentes. À primeira vista, há quem pense que ele é um parente próximo do Buldogue Francês, Mastiff ou  até mesmo mini-Bullmastiffs ou o irmão baixinho do Boxer, mas a realidade é que seu primo mais próximo é chinês Pequinês. O Pug, raça de origem chinesa cuja presença já era referenciada em documentos que datam do ano 1 d.C., encanta por seu biotipo troncudinho, seus olhos redondos, escuros, expressivos e cheios da vida.  Ganhou notoriedade ao aparecer no filme Homens de Preto, em 1997, com Will Smith.
Devido á sua fisionomia com uma face enrugada e cauda enrolada, e á sua personalidade carismática faz deste cão uma companhia amigável e cómica.
Os pugs têm uma pelagem fina, lustrosa, que vem e uma grande variedade de cores. O pequeno corpo muscular é destaque, e este cão é muito interessante. Mas, pelo seu focinho curto eles podem ser propensos a respiração ofegante e ronco, esta particularidade deverá ser um dos cuidados mais importantes com esta raça de cães.


6º Lulu da Pomerânia (Spitz alemão anão)

O Lulu da Pomerânia também é conhecido como Spitz Alemão Miniatura e apresenta como principais características ser brincalhão, exigir poucos cuidados, estar sempre alerta e ser inteligente, além de ser um ótimo cão de companhia. Estes cães são gentis, suaves e doces, mas também podem ser barulhentos, usando o seu latido para servir como um cão de guarda.
O cão geralmente pesa por volta de 3,18 kg e é bastante peludo. Estes cães são também muito fiéis aos seus donos.


5º Papillon (Spaniel anão continental) 
 
Este é um dos melhores cães de apartamento. Por ser muito limpo, aprende facilmente onde deve fazer suas necessidades fisiológicas, ladra apenas quando se apercebe do perigo, contribuindo para que seja um bom cão de guarda. Além disso, pode ficar sozinho o dia inteiro, sem que isso afete a sua parte psicológica. 
É muito dócil, obediente, discreto, tranquilo, fiel e inteligente. O Papillon trata muito bem pessoas desconhecidas, quando elas são bem-vindas pelo dono da casa. É um cão muito observador e curioso, é muito ativo, recomendado até para o agility. Porém, de vez em quando, pode fazer alguma bagunça dentro de casa, sem que isso o caracterize como “arteiro”.
Não é territorialista, e adora a presença de outros cães. A única preocupação a ser tomada é que, em brincadeiras com cachorros de porte grande, o Papillon pode ficar magoado.
Esta raça é da família Spaniel e é uma das mais antigas toy dos spaniels. Com um pesa que varia entre 2.7 kg e 3.18 kgs, nas orelhas.

4º Bulldog Francês

O Buldogue Francês foi criado com o intuito de ser um cão de colo, e de companhia. Serve a esse propósito com perfeição. É um cãozinho leal e extremamente apegado ao dono, adora carinho e simplesmente ficar perto daqueles que ama, mesmo que ninguém esteja propriamente interagindo com ele. Por essa razão, é um cão que não tolera a solidão, não deve ser deixado sozinho, principalmente por longos períodos. Por isso se não passa muito tempo em casa, escolha outra raça, o Buldogue Francês sente-se bastante afectado quando fica isolado por longos períodos.
É uma das raças de cachorro mais pequenas do mundo e são muitas vezes  relacionados ao bulldog inglês e bulldog americano. Estes cães são brincalhões, carinhosos, leais e inteligentes, sendo maravilhosas companhias. A subfamília do Mastiff e Bullenbeisser, Frenchies foram espalhados por todo o mundo antigo pelos comerciantes fenícios. O Pode atingir uma altura de altura pode variar entre 20 e 28 cm.


3º Boston Terrier

Os primeiros Boston Terriers chegavam a pesar mais de 20 quilos. Por volta do ano 1865, «no entanto estes cachorrões foram cruzados com exemplares menores, até que se estabeleceu o padrão atual da raça, que é dividido em três categorias de peso. 
Esta raça, que fora criada para o combate, ao lado dos Pit Bulls e Bull Terriers, tornou-se um cão de companhia, excelente para a família e ótimo para lares pequenos. Ainda são muito confundidos com os Buldogues Franceses, mas sua relação não passa de um parentesco longínquo e o Boston Terrier é uma raça única, cheia de entusiasmo e personalidade. 
Conhecido como o "Cavalheiro Americano", devido à sua padronagem aparentar ser um smoking e sua personalidade ser a de um verdadeiro cavalheiro, o Boston Terrier é animado, inteligente e afetuoso, com um temperamento extrovertido e suave.
Boston Terrier é pequeno, e ainda compacto, com uma cauda curta, e é terceira posição nesta seleção das 10 menores raças de cães do mundo. Eles são considerados altamente inteligentes e muito treináveis, são bons companheiros.
Os cães dessa família, são maravilhosos com crianças. Embora seu tamanho não ultrapasse os 17 cm, estes cães gostam de mastigar, por isso é importante manter as coisas de valor longe do alcance dos mesmos.

2º Bichon Frise

É um cão extremamente activo, simpático, divertido, amistoso, expansivo, muito sociável mesmo com pessoas estranhas e outros cães, alegre, sempre a tentar agradar ao dono e a estar perto dele, meigo, robusto, vivo, de temperamento estável, com movimentação elegante, estilo e ar de dignidade e inteligência, com porte majestoso. O seu temperamento excepcional faz dele um cão ideal para famílias com crianças. É também muito usado em terapias humanas que envolvem a presença de animais já que o seu tamanho e aspecto contribuem favoravelmente no relacionamento com os doentes, que se sentem estimulados pela sua docilidade. Mas apesar do seu aspecto frágil e de brinquedo, assume perfeitamente o papel de desportista, ganhando reconhecimento em competições como o agility e o flyball.
Bichon Frise é um cão com pelo encaracolado, ocupa a segunda posição nesta seleção, das 10 menores raças de cães do mundo. Descendente de Water Spaniel e Poodle, estes cães pesam tipicamente entre 4.5 kg e 9 kg.
Estes cachorros são para família, é extremamente leal e brincam com crianças e outros animais. A imensa pelagem branca desta raça é a principal característica e exigirá cuidados regulares.


1º Chihuahua 

Apesar das tímidas dimensões, o Chihuahua é um cão de guarda moderadamente bom, já que possui uma certa tendência para ladrar e é grande observador. É igualmente curioso, energético e protector. Convém que seja educado desde pequeno e habituado a estar na presença de pessoas que lhe sejam estranhas, por forma a tornar-se mais sociável e menos possessivo com o seu dono. É amigo das crianças mas não tolera “abusos” e, perante outros animais de estimação, pode realmente esquecer-se do seu tamanho, revelando ser bastante corajoso mas também anti-social. Também este aspecto pode ser melhorado se, durante o seu crescimento for exposto à companhia de outros cães.
Os chihuahuas assumem a posição líder nesta seleção das 10 menores raças de cães do mundo. Ele é favorito entre muitos ricos (o American Kennel Club o classifica como cão de luxo) e tendem a ter uma personalidade distinta. Pesam entre 1.8 e 2.7 kg em média, e podem atingir uma altura entre 15 e 23 cm. Como o nome sugere, estes cães tem origem do estado de Chihuahua no México.

Sem comentários:

Enviar um comentário